Posts in Premiação educação

Prêmio Professores do Brasil: inscrições até 25.08

Iniciativa do Ministério da Educação (MEC), o Prêmio Professores do Brasil está em sua 10ª edição desde o dia 8 de maio e acontece em parceria com instituições que buscam reconhecer, divulgar e premiar o trabalho de professores de escolas públicas que contribuem para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem desenvolvidos nas salas de aula.

O Instituto Península, braço social da família Abilio Diniz, é parceiro do Prêmio nesse ano e está participando na premiação da temática especial junto a duas de suas iniciativas – o programa de educação esportiva Impulsiona e o NAR (Núcleo de Alto Rendimento Esportivo de São Paulo). Essa premiação será realizada durante a etapa de avaliação regional e vai contemplar cinco professores de educação física que apresentarem relatos que protagonizem o esporte e seus valores como instrumento pedagógico para o desenvolvimento integral dos alunos.

Os cinco professores premiados terão a oportunidade de visitar o NAR (Núcleo de Alto Rendimento Esportivo de São Paulo) para que possam vivenciar a rotina de treino e interagir com atletas de renome nacional. Além disso, será oferecida aos professores uma oficina de capacitação esportiva do programa Impulsiona. As escolas mencionadas nos relatos dos vencedores vão ganhar 1 kit de mini atletismo.

Os professores poderão inscrever relatos com resultados comprovados durante o ano letivo de 2016 ou até o final do período de inscrições de 2017.

As inscrições para o Prêmio Professores do Brasil podem ser realizadas até o próximo dia 25 por meio do site  http://premioprofessoresdobrasil.mec.gov.br/

A divulgação oficial do resultado final vai acontecer no dia 06 de dezembro de 2017.

Sobre o Impulsiona:
É o programa de educação esportiva do Instituto Península, que utiliza o esporte como ferramenta para o desenvolvimento integral dos alunos.

Sobre o NAR:
Iniciativa do Instituto Península, que avalia e prepara atletas e equipes de alto rendimento. Capacita cientificamente técnicos e preparadores físicos a fim de potencializar os resultados do Brasil nas competições esportivas.

Sobre o Instituto Península
O Instituto Península é o braço social da Península, empresa de investimentos da família Abilio Diniz. Fundado em 2010, é uma organização sem fins lucrativos que tem como propósito transformar e potencializar vidas para catalisar o desenvolvimento sustentável da sociedade. Para isso, atua nas áreas de educação e esporte, visando à formação integral do indivíduo para uma vida plena e autônoma.

Fonte: Assessoria de imprensa do IP – Instituto Península

Qual o principal desafio em atuar como professor de Comunicação hoje?

paulo-camargo
O Portal IMPRENSA divulgou os finalistas do Professor IMPRENSA, projeto que reconhece os docentes de Comunicação mais inspiradores do Brasil e que conta com o apoio da Jeduca – Associação dos Jornalistas de Educação, que vem desenvolvendo um trabalho muito bacana de unir forças para uma melhor reportagem nos meios de educação, sem parcialidade e responsabilidade.
Os 26 professores finalistas, das cinco regiões do Brasil, foram convidados pela IMPRENSA para um debate online sobre a seguinte questão: Qual o principal desafio em atuar como professor de Comunicação hoje?
Read More

Prêmio do Portal Imprensa – Reconhecimento para professores de Comunicação

jeduca_premio_jornalistas

Quando lembro da minha graduação na PUC-PR, realizada de 1994 a 1997, me vem as aulas de rádio e televisão do Professor Valdir Cruz. Esses dois veículos nunca foram o meu foco de atuação, nem quando estudante e nem hoje, quase 20 anos de formada. O sonho era trabalhar na Gazeta do Povo, atuando na mídia impressa, fato que se consolidou, logo após o estágio, que fiz durante os 4 anos de faculdade.

Mesmo o rádio e a TV não sendo minhas mídias preferidas para trabalhar, as aulas do Professor Valdir foram as que mais me marcaram. Certa vez, ele dividiu a turma para fazer um grande telejornal. Lembro que eu fui a primeira a levantar a mão, dizendo que queria ser a editora geral; na verdade o que eu não queria era correr o risco de ser escalada para aparecer na tela como apresentadora, repórter ou comentarista. O pavor das câmeras me persegue até hoje.

Lembrei deste fato quando li a divulgação da segunda edição do Prêmio Professor Imprensa. Alunos e ex-alunos de comunicação poderão indicar os professores de graduação mais inspiradores, até o dia 24 deste mês. O apoio é da Jeduca – Associação de Jornalistas de Educação – e patrocínio do Grupo RBS. Em um primeiro momento serão selecionados 25 finalistas. Em novembro, internautas definirão 5 ganhadores, um para cada região do país.

As indicações podem ser feitas pelo site www.portalimprensa.com.br/professorimprensa. Poderão ser indicados professores que tenham lecionado disciplinas em cursos de Comunicação Social: Jornalismo, Publicidade/Marketing, Relações Públicas e Rádio & TV. Professores de pós-graduação podem concorrer, desde que já tenham dado aulas na graduação.

Para mais informações acesse aqui o site da Jeduca

Fonte: Brisa Teixeira com informações da Jeduca

Conheça os vencedores do Concurso Cultural Ler e Pensar

Foto: Antonio More

Foto: Antonio More

O Ler e Pensar (projeto de mídia-educação para o uso do jornal em sala de aula) realiza anualmente o Concurso Cultural Ler e Pensar. O evento, que ocorreu na última terça e quarta (28 e 29), no Teatro Guaíra, em Curitiba, é um grande incentivo para os professores que participam do Projeto, além de divulgar as melhores práticas e as secretarias municipais de educação mais atuantes.
Conheça clicando aqui quem foram os vencedores da edição deste ano e assista a cobertura do evento (segundo bloco) e entrevista com os vencedores do Concurso, com a supervisora do projeto Ana Gabriela Borges Simões (no Projeto há 12 anos – dos 15) e com a coordenadora Fernanda Cotrim.

Mostra Universitária Competitiva abre hoje o Festival Internacional de Cinema

Mostra 2O Festival Internacional de Cinema da Bienal de Curitiba (FICBIC), que começa hoje (28), em Curitiba, privilegia na sua abertura a Mostra Universitária Competitiva, realizada em parceria com a Universidade Federal do Paraná. A Mostra será no Cine Guarani, às 19h.
Participaram universitários de todos os estados brasileiros, nas categorias ficção, documentário e vídeo experimental. Conheça pelo site do evento os 16 filmes que compõem a lista de selecionados – http://www.ficbic.com.br/selecionados 
A entrega dos prêmios e a festa de premiação da Mostra Universitária ocorrerão no Cine Guarani, no dia 31 (sexta-feira), das 19h30 às 22h. Os primeiros lugares de cada categoria irão para a New York Film Academy.
Esta é a primeira edição independente do FICBIC, que conta hoje com mais de 120 filmes entre documentários, curtas e longas-metragens nacionais e estrangeiros. Também ocorrerão seminários, workshops e exposição de arte. Clique aqui e fique por dentro de toda a programação 
Saiba mais sobre o Festival Internacional de Cinema da Bienal de Curitiba, em reportagem publicada na Gazeta do Povo. Clique aqui.

 

Ler e Pensar é bicampeão no Prêmio Mundial de Jovem Leitor

Ler e Pensar está presente em 493 escolas
Programa Ler e Pensar está presente em 493 escolas do Paraná.
Notícia boa que recebi neste último fim de semana. O Ler e Pensar (Programa de mídia-educação da Gazeta do Povo/Instituto GRPCom)  que é o meu estudo de caso no mestrado em Educação, na UFSC – recebeu mais um reconhecimento internacional para o seu currículo. Desta vez foi com o Prêmio Mundial de Jovem Leitor, concedido pela Associação Mundial de Jornais (World Association of Newspapers, WAN).
Leia matéria completa aqui
Em 2011, a mesma instituição já havia premiado o Ler e Pensar como vencedor na categoria Newspapers in Education, que reconhece projetos de destaque no uso do jornal em sala de aula. Este ano, o projeto foi contemplado na categoria Enduring Excellence, cujo foco são ações de maior durabilidade, afinal já são 15 anos de história. Hoje, o projeto está em 493 escolas – a maioria da rede pública –, de 58 municípios paranaenses, atingindo mais de 100 mil estudantes do primeiro ano do Ensino Fundamental até o 3.º ano do Ensino Médio.
Outros destaques do Ler e Pensar E o reconhecimento não para por aí. Em 2012, o Ler e Pensar foi apresentado para o Ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em Brasília, por ser considerado exemplo de um projeto bem-sucedido e referência no Programa de Jornal e Educação para a ANJ – Associação Nacional de Jornais. Recebeu também a Menção Honrosa José Mindlin, do Prêmio VIVALEITURA, que é uma iniciativa do Ministério da Cultura, Ministério da Educação e da Biblioteca Nacional para reconhecer as melhores iniciativas de promoção da leitura no país.
Missão do Ler e Pensar O projeto Ler e Pensar foi desenvolvido no ano de 1999 com a missão de contribuir para a melhoria dos índices de leitura e interpretação de textos utilizando seu principal produto, o jornal. Foi criado para suprir a demanda por projetos de incentivo à leitura, justificado pelos índices alarmantes das avaliações nacionais e regionais no que se refere à leitura, interpretação e produção de textos e raciocínio lógico.
Para saber mais
SITE – Instrituto GRPCom
Confira o Ler e Pensa no Facebook
BLOG – Conheça o Educação & Mídia
Informações do post: editada a partir da notícia da Gazeta do Povo
Publicado em 24/09/2014 | por BRUNA KOMARCHESQUI
Foto: Aniele Nascimento

Jornalista da Gazeta do Povo entre os vencedores do Prêmio Estácio de Jornalismo

Foto: Ana Colla

Jornalista Jônatas Dias Lima.

O jornalista Jônatas Dias Lima (foto), da Gazeta do Povo, de Curitiba, conquistou o Prêmio Estácio de Jornalismo – edição 2014, na categoria Impresso Regional, ontem (24), quando foi anunciado os vencedores, em cerimônia na Zona Sul do Rio de Janeiro. A festa de premiação reuniu cerca de 80 profissionais de comunicação de todas as regiões do Brasil

A reportagem premiada de Jônatas foi publicada no dia 3 de março de 2014, no caderno especializado em Educação Vida e Universidade. Com o título “Burocracia trava avanço científico”, a matéria (leia ela completa aqui) trata de uma triste realidade no campo científico em que muitos estudos no Brasil são abandonados devido ao tempo de espera e à burocracia referente à longa lista de procedimentos exigidos.

“Os longos prazos e o excesso de procedimentos para avançar estudos são entraves a serem contornados pelos pesquisadores, impedem o Brasil de ser cientificamente competitivo e comprometem avanços que trariam impacto na vida de toda a população, como o desenvolvimento de medicamentos mais acessíveis e eficazes”, relata um dos trechos da reportagem.

Um total de R$100 mil foi distribuído entre os nove prêmios da quarta edição. O prêmio para a categoria que Jônatas venceu, modalidade regional impresso, foi no valor bruto de R$ 8 mil. Já na modalidade nacional foi de R$12 mil.  As modalidades regional e nacional foram divididas nas categorias Impresso (Jornal e Revista), Televisão, Rádio e Internet. O vencedor do prêmio principal, o Grande Prêmio Estácio de Jornalismo 2014, recebeu a quantia bruta de R$ 20 mil. Todos receberam certificado e troféu alusivos à premiação.

A quarta edição superou o número de trabalhos inscritos em todas as edições. Com 261 reportagens concorrentes. A comissão final que apontou os nove vencedores deste ano foi composta por Augusto Nunes, colunista da revista Veja online e vencedor de quatro prêmios Esso; Arnaldo Niskier, doutor em Educação e membro da Academia Brasileira de Letras (ABL); Cristiane Correa, ex-editora-executiva da Revista Exame, escritora e palestrante, especializada nas áreas de Negócios e Gestão; Ilona Becskeházy, consultora da Fundação Lemann e comentarista de educação da rádio CBN; e Vera Iris Paternostro, gerente de desenvolvimento de jornalismo da TV Globo e autora de livros.

Confira todos os premiados:

Grande Prêmio Estácio de Jornalismo
Veículo: O Estado de S. Paulo
Reportagem: Especial USP 80 anos
Autor (es): Paulo Saldaña, Luciana Constantino, Ana Sacoman, Andrei Netto, Barbara Ferreira Santos, Edson Veiga, Gabriel Manzano, Giovana Girardi, José Maria Mayrink, Marina Azaredo, Mônica Manir, Pablo Pereira, Roberto Godoy e Victor Vieira

Impresso Nacional
Autor(es): Fabio Takahashi, Mario Cesar Carvalho e Eduardo Geraque
Reportagem: Gastos fora de controle nas universidades de São Paulo
Veículo: Folha de S. Paulo

Impresso Regional
Veículo: Gazeta do Povo (Curitiba – PR)
Reportagem: Burocracia trava avanço científico
Autor: Jônatas Dias Lima

Internet Nacional
Autor(es): Davi Lira e Ocimara Balmant
Reportagem: Série Ciência com fronteiras
Veículo: Portal IG

Internet Regional
Veículo: Portal Tribuna do Norte (Natal – RN)
Reportagem: Nova indústria, novas oportunidades
Autor(es): Renata Moura e Cledivânia Pereira

TV Nacional
Veículo: Globo Universidade, da Rede Globo
Reportagem: 10 anos de cotas na UERJ
Autor(es): Camila Konder, Alexandre dos Santos, Maria Lindenberg, Julia Braga, Rogério Coutinho, Vinicius Carvalho, José Luz e Rodrigo Nogueira

TV Regional
Veículo: Tribuna Notícias, da TV Tribuna (Vitória – ES)
Reportagem: Reescrevendo a própria história
Autor(es): Mariana Rodrigues, Alex Nepomuceno, Anderson Rocha e Janine Jordaim

Rádio Nacional
Veículo: Rádio CBN
Reportagem: Geração nem nem
Autor(es): Elaine Freires e Bianca Lemos dos Santos

Rádio Regional
Veículo: Rádio O Liberal – CBN (Belém – PA)
Reportagem: Faculdades irregulares acabam com sonhos de universitários
Autor(es): Celso Freire e Cira Pinheiro

Fonte da notícia: adaptada de material enviado pela Pauta & Ideias – Assessoria de Comunicação da Estácio, no Paraná (jornalistas Adriane Perin e Talita Vanso)
Fonte foto: Ana Colla