Posts in Livro

livros_muro_3

Um muro de escola inspirador

Um muro em forma de livros. Foi assim que o Colégio Evangélico Martin Luther, de Marechal Cândido Rondon, no Oeste do Paraná, inovou ao pensar na fachada da escola. Com os livros todos perfilados como se estivessem em uma estante é possível visualizar várias obras, todas sugeridas pelos próprios alunos da instituição e referentes livros que eles estavam lendo.
Destacam-se nas obras representadas no muro, o livro “Toda Poesia”, de Paulo Leminski, “As crônicas de Nárnia”, de C.S. Lewis, “A culpa é das estrelas (John Green)”, “O menino do pijama listrado” (John Boyne) e “A casa das orquídeas” (Lucinda Riley).
A ideia deixa claro o incentivo à leitura, que segundo o diretor do colégio, Ildemar Kanitz, precisa ser mais estimulada entre os jovens e que tenham um espaço grande na vida das pessoas.
Para fazer a arte no muro, foi chamado o grafiteiro Alexandre Schwingel, conhecido como Trilha, e que já é conhecido na cidade por ser grafites espalhados pela região.
Fonte Texto: editado a partir de O Presente Digital e Jornal Gazeta do Povo
Fonte Foto:
O Presente
everton_orozco_rosa_2

Everton Renaud faz o pré-lançamento do livro Mídia e Escola, no Intercom, em SP

Livro_everton
Ontem, 5 de setembro de 2016, em São Paulo, durante o Intercom – Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – foi o dia de Everton Renaud fazer o pré-lançamento do livro “Mídia e Escola – um estudo de recepção de reportagens de telejornal em sala de aula”. Tive o prazer e o desafio de fazer a preparação do original, revisão ortográfica, revisão gral e escolha da capa, partindo da dissertação de mestrado do autor.
Com apresentação de Rosa Maria Cardoso Dalla Costa e prefácio de Guillermo Orozco Gómez (com Everton, na foto acima), o livro é resultado de um estudo de recepção de reportagens de telejornal em sala de aula sob a perspectiva da teoria das mediações. A obra foi realizada no contexto do projeto de comunicação e educação “Televisando o Futuro” (Instituto GRPCOM).
A principal questão que motivou a escrita desta obra – e que irá motivar a leitura de um público direcionado para estudantes e profissionais das áreas de educação e comunicação – foi de descobrir como os alunos recebem as reportagens do telejornal quando mediados pela escola e pelo professor. Dessa forma, a interface entre comunicação e educação permitiu conhecer o contexto e as características do emissor, das audiências e das mensagens.
INTERCOM
No Intercom, que prossegue até sexta-feira, dia 9, estão sendo debatidos tópicos de jornalismo, relações públicas, publicidade, rádio, televisão, cinema, produção editorial e de conteúdo para mídias digitais e políticas públicas de Comunicação. O evento acontece desde 1977 e reúne, tradicionalmente, cerca de 3,5 mil pessoas, entre alunos de graduação e pós-graduação, pesquisadores e profissionais da área.

Editor Jiro Takahashi mostra como montar e manter uma pequena editora

unesp_curso
Em um mercado editorial cada vez mais competitivo, muitas pessoas que gostariam de abrir sua própria editora ainda têm dúvida se devem ou não assumir essa responsabilidade. Para analisar as oportunidades e dificuldades de ter o próprio negócio, a Universidade do Livro lança o curso on-line Como montar e manter uma pequena editora, ministrado pelo editor Jiro Takahashi.
Ao longo de seis aulas, serão abordadas as razões de ser uma pequena editora: as oportunidades e os riscos gerais; os cuidados editoriais e mercadológicos, bem como legais e administrativos; as particularidades de funcionamento: os projetos editoriais e a produção, a divulgação e a distribuição. Por fim, quais os desafios pessoais e empresariais no mundo atual, para manutenção saudável da editora.
O curso conta com depoimentos de vários convidados, que relatam suas experiências. Confira aqui a apresentação em vídeo: https://youtu.be/Lmt0cm0rczs
Fonte: Universidade do Livro

Catraca Livre – Litercultura Festival Literário, em Curitiba

Litercultura
Um dos mais importantes escritores e tradutores brasileiros da atualidade, Eric Nepomuceno, fará um mergulho no universo dos escritores de diferentes épocas, nacionalidades e estilos, contando suas manias e hábitos. Na lista, estão desde o próprio palestrante até autores que ele traduz como Gabriel García Márquez, Eduardo Galeano, Juan Carlos Onetti e Julio Cortázar.
A iniciativa faz parte do programa Litercultura Festival Literário e ocorrerá no dia 22, às 20h15, no Clube Curitibano – Sede Concórdia.
(Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 815 – São Francisco Curitiba / PR). Os ingressos estão disponíveis no Memorial de Curitiba.
Mais informações sobre este evento e outros do Litercultura em www.litercultura.com.br ou pelo telefone (41) 3222-8685.

Sulamita Mendes lança livro com formato inovador de storytelling

Livro_Heinz

Você já ouviu falar em storytelling?  O termo une as palavras story (história) e telling (contar), pode ser definida de diversas maneiras, mas simplificando quer dizer a arte de contar histórias. Na publicidade, ela é muito usada, pois é um meio de dialogar com o público usando a história da empresa, do produto, a necessidade e a expectativa do cliente. Nossos ancestrais já se utilizavam desta linguagem, quando sentados em círculo ao redor da fogueira contavam as suas histórias sobre caçadas.
Uma ótima oportunidade de conhecer essa linguagem é lendo o livro “As sutilezas e o óbvio da comunicação corporativa”, da jornalista e especialista em Comunicação Organizacional,  Sulamita Mendes. O livro será lançado na próxima quarta-feira (dia 19), no Paço da Liberdade. Sulamita em seu livro, em formato de diálogo descontraído,  conta as histórias de uma experiência de mais de 30 anos junto as  áreas de Marketing, Comunicação e Gestão Empresarial. São relatos que envolvem desde aspectos comportamentais, que influenciam nos resultados dos negócios, até estratégias de comunicação organizacional que poderiam ter alguns cuidados sutis e óbvios, para um resultado mais eficaz e eficiente.
O uso da storytelling como técnica presente no livro pretende cativar os leitores, com um discurso de leitura fluida, em forma de diálogo. O livro aborda de forma descontraída situações do cotidiano do profissional que trabalha ou que contrata comunicação. “Trago coletâneas da minha vivência para o público, o mercado e o profissional”, relata a autora.
Serviço
Lançamento do livro “As sutilezas e o óbvio da comunicação corporativa”

Editora InVerso
Dia: 19/11
Horário: 18h às 21h
Local: Paço da Liberdade (Praça Generoso Marques)
Fonte: editada a partir do release de divulgação do livro (jornalista Ana Paula de Carvalho)