Posts in Eventos

20º Congresso Internacional da Abed será em Curitiba

logotipo

Este ano o Congresso Internacional da Abed será em Curitiba, de 6 a 9 de outubro, na Expo Unimed. Comemorando a sua 20ª edição, o Congresso este ano traz o tema “EAD e a Internacionalização da Aprendizagem no Brasil”. A Associação como todo ano dividiu o evento em vários momentos, onde será possível acompanhar discussões atuais da educação online em mesas-redondas, relatos de experiências, apresentação de trabalhos científicos, minicursos, palestras, participação em grupos de trabalho de diversas linhas de atuação, além do networking com profissionais da área.

Escolha o seu minicurso

No período da manhã, nos dias sete, oito e nove de outubro, ocorrem simultaneamente 20 minicursos atendendo o perfil de profissionais de diversos segmentos da Educação a Distância. Confira as opções aqui

Acompanhe a programação completa

Serviço:
20º CIAED – Congresso Internacional ABED de Educação a Distância
Local: Expo Unimed (Rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Campo Comprido)
Dias: 6 a 9 de outubro

 

Fast Shop e IPlace trarão novidades em tecnologia educacional, na 20ª Educar/Educador

Depois de alguma resistência, diretores, coordenadores e professores em sala de aula estão quebrando paradigmas e se encantando com as facilidades que a tecnologia oferece. Para aqueles que estão curiosos em saber as novidades nesta área, uma excelente oportunidade é visitar, na Feira Educar, os estandes daFast Shop (Fast Educacional) e da Iplace, duas empresas focadas em produtos e soluções de tecnologia educacional da Apple.

Fast Educacional levará toda linha de produtos Apple: iMac, Macbook Air, iPad, iPod e Apple Tv”. “Com tantos aplicativos didáticos disponíveis, as possibilidades de aprendizado ‘na ponta dos dedos’ são praticamente ilimitadas”, explica o gerente de marketing, Carlos Lacerda, destacando o iPad como principal produto. Ele explica ainda que a empresa tem parceiros para gestão de conteúdo (MDM), treinamento e capacitação de docentes/professores (EADES – iPad na sala de aula).

Segundo Lacerda, a Fast Educacional foi desenvolvida pela Fast Shop em parceria com a Apple, para envolver os alunos e professores em uma experiência de ensino revolucionária através de dispositivos que permitem a interação com o material didático e com uma equipe toda dedicada ao negócio educacional. Para Lacerda, este é o momento ideal para participar da Educar. “Estamos iniciando nossas atividades com foco na área da educação, com toda estrutura necessária para realizarmos nossa missão: ‘Cuidar dos clientes por toda a vida’”.

A outra empresa que estará representando a Apple na Feira Educar é a Iplace. O diretor da empresa, Germano Grings, explica que, com o investimento das escolas brasileiras na inclusão digital, a Apple Premium Reseller/APR iPlace conta com uma equipe especializada no segmento educacional. O objetivo é dar continuidade no atendimento no período pós-venda.

Para a Feira Educar, a Iplace montará uma estrutura de ensino com os produtos da Apple, onde os educadores poderão conhecer as diferentes possibilidades que a marca oferece, não somente de hardware, mas principalmente de software voltado para a educação.

A Iplace, segundo Grings, já tem grandes projetos implantados em diversas escolas no Brasil. Além disso, explica ele, como acontece nas lojas da rede, os visitantes da Educar poderão realizar “teste-drives” com alguns produtos. “Nossa presença, na Educar, se deve pela grandiosidade deste evento, o maior da América Latina. Queremos estar próximos aos educadores e empresários deste segmento, nos colocando como parceiros e oferecendo produtos de alta tecnologia e inovação. Não poderíamos ficar de fora”, diz.

Confira a PROGRAMAÇÃO completa do evento.

Crédito da Notícia: jornalista Brisa Teixeira/parceira da Presença – Comunicação Educacional

Fotos: Divulgação

Professor Daltro faz palestra motivacional e encanta educadores de Minaçu

A palestra “Como as emoções conduzem a vida de um Educador” realizada pelo especialista em Gestão Escolar em Biopsicologia, professor Daltro Monteiro, foi o ponto alto da XII Conferência Municipal de Educação, realizada na cidade de Minaçu, de 11 a 13 de abril, e que teve como tema “A Escola que Transforma e Encanta”.

A sugestão da Futuro Eventos de levar o Professor Daltro para a Conferência encantou os mais de 800 professores, diretores escolares, estudantes e demais profissionais da educação de escolas municipais, estaduais e particulares de Minaçu. Daltro é pesquisador sobre as causas e consequências do estresse no âmbito educacional. Realiza palestras de motivação, em todo o Brasil, possibilitando a reflexão sobre o assunto e oportunizando “insights” dos participantes. Destaca-se no cenário nacional por sua forma alegre e diferenciada de motivar equipes.

Para a secretária de educação de Minaçu, Eugênia Nascimento, a palestra do Daltro, realizada no dia 12 de abril, foi extrovertida e “falou” a linguagem dos educadores. “Daltro com muito humor e responsabilidade explicou porque temos que conduzir as nossas emoções, saber lidar com as frustrações e correr atrás das conquistas”, disse Eugênia.

Outro ponto importante da palestra, destacado pela secretária de educação, foi quando Daltro falou sobre os obstáculos que aparecem todos os dias e que devem ser enfrentados. “Uma energia negativa pode fazer muito mal a todos e à escola e uma pedra que você atira, pode retornar para você. Precisamos saber lidar com nossas emoções dia a dia”.

Crédito da Notícia: jornalista Brisa Teixeira/parceira da Presença – Comunicação Educacional

Fotos: Shirley Rabelo

Dado Schneider alerta sobre a defasagem tecnológica entre as gerações

 

 Sair da pré-história digital e atualizar-se é o melhor caminho para não ser dominado pelas     novas gerações. Este é o ponto central da palestra“Educação 3.0 e Digiriatria. Seremos Todos Velhos Digitais?”, que o publicitário e doutor em Comunicação, Dado Schneider, ministrará durante a 20.ª EDUCAR.  Schneider viaja por todo o Brasil como palestrante trazendo à tona um tema polêmico e preocupante: a defasagem digital entre as gerações X, Y, e Z. Recentemente, ele batizou essa defasagem de “digiriatria”(“digi”, de digital, somado a “geriatria”).

Na entrevista a seguir Schneider explica que, teoricamente, as gerações X e Y podem se ajudar e aprender uma com a outra. Mas alerta para uma situação nova, a de uma geração mais nova (Y) ter muito a ensinar para uma mais velha (X), o que faz com que a mais velha se retraia e, a mais nova, não tenha paciência para ensinar.

Leia artigo de Dado Schneider Manifesto pela “Digiriatria”

Confira mais informação sobre Dado Schneider

 A defasagem entre as gerações será um problema em um futuro próximo?

Já é um problema… O futuro próximo agravará o fosso de conhecimento que está se formando… Como quase tudo hoje pode ser aprendido em Google+ Youtube, se a geração mais velha não souber falar a linguagem da geração mais nova, ela tende a se tornar dispensável… Essa é a minha opinião: e sou muito contestado por isso.

Os que mais se adaptarem é que vão sobreviver? Por quê?
Porque sempre foi assim. Mas nunca tínhamos estado diante de uma ruptura comportamental tão forte. Fui do final da geração hippie e sinto que o fosso comportamental hoje, em função do mundo digital, é maior do que entre velhos e jovens nas décadas de 60 e 70.

Como se explica o cérebro digital dos pequenos que já nascem sabendo como manusear um tablet. Qual a sua avaliação disso?
Tenho dois “espécimes” destes em casa… Os neurocientistas já estão estudando eles. Tenho certeza que serão superdotados para os padrões de hoje. Mas, já que eles vão elevar este padrão, ser o que eles serão é o que será normal.

Qual o desafio dos professores neste contexto todo? O ensino-aprendizagem está comprometido se não incluir a tecnologia neste processo?
Sim, sem dúvida. Muitos professores fantásticos até sete anos atrás estão em apuros, hoje. Sim, a tecnologia é uma grande questão. Mas o maior desafio é falar a linguagem da nova geração. E isso é difícil para quem não convive com ela.

É possível lidar com naturalidade com tanto mudança tecnológica e diferença de maneiras de pensar em um mesmo espaço (sala de aula)?
É quase impossível. Mas todo professor deve ter a humildade de aprender TUDO o que há disponível em termos de método e equipamento para continuar sendo relevante dentro da sala de aula. Afinal, estamos vivendo uma revolução.

Sair da pré-história digital e atualizar-se é o melhor caminho para não ser dominado pela geração?
Esse é o tema de minha palestra e o ponto central do livro que estou escrevendo. Sim, para não dizer que somos “pré-históricos”, prefiro utilizar um termo que li no Twitter, não lembro de quem… Nós, os do século XX, não somos “nativos digitais”, como os jovens. Somos, alguns de nós, no máximo, “imigrantes”… E a vida de imigrante nunca é fácil, não importa a época.

Crédito da Notícia: jornalista Brisa Teixeira/parceira da Presença – Comunicação Educacional

Cortella abordará o tema “mudança” na palestra magma do dia 24/05

Mario Sergio Cortella é um dos nomes mais esperados pelos educadores na 20.ª Educar deste ano. A palestra“Da Oportunidade ao Êxito – Mudar é Complicado? Acomodar-se é Perecer” será apresentada no terceiro dia do evento, 24 de maio, às 11h. Filósofo e escritor, Cortella é um dos mais importantes educadores brasileiros da contemporaneidade. Após ter tentado, em sua juventude, a vida no Monastério por três anos, Cortella traçou uma brilhante carreira acadêmica, tendo sido orientado em seu doutorado por Paulo Freire.

Saiba mais sobre o ponto de vista e as “provocações” de Cortella referente ao tema da palestra “Da Oportunidade ao Êxito – Mudar é Complicado? Acomodar-se é Perecer”

É autor, entre outras obras, de A Escola e o Conhecimento (Cortez), Não Espere Pelo Epitáfio: Provocações Filosóficas (Vozes), Não Nascemos Prontos! (Vozes), Vida e Carreira: um equilíbrio possível?, com Pedro Mandelli (Papirus), Educação e Esperança: sete reflexões breves para recusar o biocídio (PoliSaber), Escola e Preconceito: Docência, Discência e Decência, com Janete Leão Ferraz (Ática), Não Se Desespere! (Vozes) e Qual é a tua Obra? Inquietações Propositivas sobre Gestão, Liderança e Ética (Vozes).

Sempre trazendo temas motivadores e de uma maneira divertida, este ano na Educar, Cortella trará ensinamentos e exemplos práticos que levaram todos os presentes a refletirem sobre como lidam com os riscos e desafios naturais dos processos de mudanças. Para Cortella, ora para se aproximar do êxito as oportunidades carecem de atenção e aproveitamento. “Como sabem os melhores velejadores, um vento oportuno não se espera, mas, ao contrário, se busca”, diz o filósofo. Para ele, essa busca exige capacidade de ser audacioso (não temer a ação), sem cair na postura do aventureiro (ativismo inconsequente).

Notícia: jornalista Brisa Teixeira/parceira da Presença – Comunicação Educacional

Município de Limeira realiza 1.º Encontro de Educadores

No dia 1.º de fevereiro foi dado início, na cidade de Limeira (SP), o “Encontro de Educadores”, que contou mais uma vez com a parceria da Futuro Eventos. Cerca de 1.500 pessoas participaram representando equipes docentes, pedagógicas e gestoras das unidades escolares e da Secretaria Municipal de Educação. A proposta da equipe da secretaria foi de capacitar os professores da rede municipal para um ensino de qualidade para o ano letivo de 2013. É a terceira vez que Limeira confia no trabalho da Futuro Eventos, que mais uma vez cuidou de todos os detalhes desde organização, logística, credenciamento, certificação, escolha e contato com os palestrantes, entre outros.

Leia matéria completa no site da Futuro Eventos

Uma tarde no Passeio Público com Marcos Meier

Local escolhido: Passeio Público. Motivo: está em frente do apartamento onde mora e é onde nosso entrevistado gosta de passar as horas livres para ler, meditar e fazer anotações, que na sequência se transformam em livros, grandes palestras e ótimos bate-papos em programas de TV e Rádio. Nesta quarta-feira, as jornalistas Brisa Teixeira (Tic Tag – Comunicação & Inovação) e Patricia Melo (Presença – Comunicação Educacional) entrevistaram o professor, psicólogo e mestre em Educação, Marcos Meier. Foi uma tarde muito agradável onde o roteiro de perguntas era modificado a cada momento em que Marcos Meier dava algumas “deixas” para novas perguntas que não estavam no script.

Após escutar do educador que na escola ele era um menino tímido e hoje ver a grande (literalmente) pessoa que é com tanta popularidade nas redes sociais e com uma audiência enorme em suas palestras em todo o Brasil e ainda com uma facilidade e dom de se comunicar frente às câmeras é no mínimo uma lição a todos aqueles que um dia sonham em ser um pouquinho que seja dessa grande pessoa. Pessoa esta que admiro desde os idos de 2004, quando assessorava o Santa Maria, colégio onde Marcos era coordenador.

Marcos Meier Brisa Teixeira Patricia Melo

Na imagem, Marcos Meier conversa com as jornalistas Brisa Teixeira e Patricia Melo. (© foto Milcho Pipin (www.mpipin.com).